sábado, 24 de março de 2012

1. Capítulo .


( Rose )
Estou farta. Farta de tudo. Farta de ver as mesmas pessoas, as mesmas coisas, os mesmo sítios, tudo. Os meus pais sabem o que se está a passar comigo, e compreendem. Disseram que eu precisava de uma pequena mudança na minha vida, e foi assim que surgiu a ideia de ir passar as férias de Verão em Londres. Nunca tinha lá ido, mas pelo que me dizem, os ares londrinos são bons para a gente pensar. Era mesmo disso que eu precisava. Iria ficar instalada na casa da minha tia Matie. Ela faleceu há uns seis anos, e o meu pai, sendo irmão dela, ficou com essa casa. Obviamente aceitei a proposta dos meus pais, indo de seguida fazer as malas. O meu pai comprou-me o bilhete para lá, ia já amanhã. Ainda tinha tempo de me despedir da Allie , da Marge e da Lisa. Eram as minhas amigas, mas até delas já estava um pouco farta. Assim o fiz. Fui a casa da Allie , onde estava a Marge e a Lisa , facilitando assim a despedida.


( Allie ): Vou ter saudades tuas.
( Marge): Vai dando notícias!
( Lisa ): Pode ser que os nossos pais nos deixem ir lá visitar-te .
( Rose ): Meninas! São só as férias de Verão.
( Marge ): Já sabes como somos!
( Rose ): Se sei ... - fiz uma pausa. - Mas agora tenho de ir ...
( Allie ): Vai lá, amiga. 
( Lisa ): Se  os vires, pede-lhe um autógrafo! Beijos! - disse abraçando-me.
Percebi de imediato a quem Lisa se tinha referido quando disse " se os vires" . Referiu-se àquela banda britânica/irlandesa chamada One Direction. Eu pessoalmente não sou fã, mas não tenho nada contra eles. Lisa era um directioner, como se chamava. Gostava bastante deles. Saí de casa da Allie, e fui para a minha, deitar-me, já que o voo era logo às nove da manhã.


( ... )
Acordei com o desagradável barulho do meu despertador  que estava na minha mesa de cabeceira que marcava as sete horas. Podia dizer-se que ele tinha ciúmes da relação que eu estabelecia com a minha adorável e confortável cama. Acabei por me levantar, seguindo para a casa de banho para tomar um rápido duche. Mal o acabei de fazer, vesti-me rapidamente e desci para tomar o pequeno almoço. Na cozinha encontrava-se a minha mãe e o meu pai.
( Rose ): Tão cedo acordados?- questionei-me.
( Mãe ): Claro! O teu pai vai-te levar ao aeroporto, e eu não te ia deixar ir embora sem te despedires aqui da senhora que te trouxe ao mundo.
( Pai ): Lá está, mas agora despacha-te que já são oito e um quarto.
Comi com alguma calma, mas também com alguma pressa. Londres esperava-me, a minha nova vida esperava-me. Despedi-me da minha mãe e fui com o meu pai para o aeroporto.
( Pai ): Porta-te bem, querida. Eu e a tua mãe enviamos-te dinheiro todas as quinzenas, não te preocupes.
( Rose ): Obrigada, pai.Vou ter saudades.
( Pai ): Eu também, eu também.
Subi para o avião. Ao início houve um pouco de turbulência, mas nada de preocupante. Pus os phones nos meus ouvidos, liguei o Ipod, e está assim resumida a minha viagem.


Aqui está a nova fic , o novo capítulo. É também sobre os 1D :)

3 comentários:

  1. AMEI! Posta rápido, o próximo!
    Bjs linda

    ResponderEliminar
  2. Gostamos mesmo muito , publica rápido o PRÓXIMO sff !

    ResponderEliminar
  3. OneDForever: Obrigada, beijo *
    Filipa e Raquel : Obrigada , mesmo :) Amanhã :p

    ResponderEliminar